RELATOS DE UMA CEIA DE NATAL


SEGUE UMA PRÉVIA DE “RELATOS DE UM ROMANCE”

originalfenix

CASA DE MAURO, PAI DE BRUNO

DIA 24 de Dezembro de 2015

Estávamos sentados à mesa perto da meia-noite, muita coisa acontecera naquele ano e principalmente 4 dias atrás, nunca tinha imaginado que a notícia da morte dela me abalaria tanto, sendo que nunca tive a presença dela, eu não queria ficar pensando nisso a todo momento, mas desde que aconteceu talvez eu não tenha pensado em nada além disso. Meu pai se levantou rápido com lágrimas no rosto e foi se trancar em seu quarto, ele não queria expressar seu sentimento para não magoar Alice, mas ele talvez tenha se abalado com a notícia muito mais do que eu, ainda nem sei o porque… será que eu devia conversar com ele? Acabei me levantando também, Alice como estava conversando com seus familiares não percebeu a repentina ausência minha e de meu pai, entrei no quarto e vi o que já imaginava, ele estava chorando ao mesmo tempo em que olhava uma foto de minha mãe, eu o abracei e disse:

– Pai, porque você está tão abalado? Ela nunca ligou pra você ou teve um mínimo de consideração por você e muito menos por mim.

Ao ouvir minhas palavras, meu pai desabou a chorar mais ainda e eu não entendia o porquê. Talvez ele a amava mesmo que ela o tenha desprezado e sua morte tirou-lhe a única esperança fantasiosa que podia ter. E com as palavras entrecortadas com soluços de seu choro, ele olhou pra mim com um olhar de profunda tristeza e disse:

-Meu filho, você não entende o porque de eu estar sofrendo, tudo é mais complicado do que se imagina… só peço seu perdão.

– Perdão pelo quê? Por estar chorando por ela? Não precisa se desculpar, somos humanos e você tem todo o direito de estar abalado com isso, até eu que nunca a conheci direito fiquei meio abalado, mas saiba que estou de seu lado e nunca vou te deixar.

– Não foi isso que quis dizer… é complicado… – disse ele pausadamente, visivelmente inquieto querendo dizer mais do que sua boca expressava, por fim continuou. – Meu filho, volte lá pra cozinha já vai dar meia-noite… vai na frente que eu já vou… prometo que vou melhorar…

– Certo, tudo bem. – eu queria insistir para que ele me contasse o que o deixava angustiado daquela maneira, mas preferi parar por ali porque muitas vezes precisamos de um tempo só para nós mesmo.

Então dei um beijo em sua testa e fui caminhando em direção à porta, quando ele disse:

– Filho. – então virei para olhar para ele. – Deixa eu dar um abraço em você.

Nesse momento ele me abraçou muito forte e disse que me amava muito, retribui o abraço, porém não entendia aonde ele queria chegar com tudo isso porque parecia uma espécie de despedida ou que algo iria acontecer, mas tentei nem ficar muito com isso na cabeça porque eu tentaria perguntar o que estava acontecendo uma outra hora.

Quando deu meia-noite no relógio, todos começaram a se abraçar, enfim era Natal, uma noite para compartilhar a felicidade com a família, mas ao mesmo tempo em que tentava me distrair não conseguia parar de pensar na tristeza de meu pai, na morte da minha mãe, que nunca me quis por perto, mas sua morte mexeu com meus sentimentos e a única certeza que tenho é que ela nunca poderá se arrepender ou pelo menos tentar se aproximar de mim, agora acabou. Após cumprimentar todo mundo, fui arrumar meu prato para darmos inicio à ceia de Natal, nisso meu celular vibrou e era uma mensagem da Gisele:

“Bruno, Feliz Natal! Perdoe ela, eu sei do que estou falando… sinto que esteja enganado, achei algo que pode ser muito importante pra mudar sua visão sobre ela… Não se esqueça do que falamos outro dia”.

Gisele mais uma vez tentando provar que tudo que eu achava a respeito de minha mãe era mentira, eu não sei mais aonde tudo isso vai acabar, só sei que eu quero um pouco de paz e se preciso for a perdoarei, pois não faz sentido ter rancor de alguém que nem aqui está mais.

Então Bruno ficou curioso para saber sobre a tal surpresa de Gisele e ele logo descobriria que era um diário escrito por sua mãe e contava relatos da vida dela muitos anos atrás e ele se prenderá nessa leitura que poderá mudar toda a sua vida.

FELIZ NATAL!!!!!!!

escritopor3

OBS: ESSE É UM TRECHO RESUMIDO DE UMA PARTE DA HISTÓRIA “RELATOS DE UM ROMANCE”… PREPAREM-SE QUE EM BREVE VOCÊS PODERÃO CONFERIR OS CAPÍTULOS DESSA HISTÓRIA. ESSE POST CONSIDEREM COMO UM TEASER DA HISTÓRIA.

Originalmente postado há 2 anos atrás (25/12/2013 às 10:00 horas).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s