Faça um Pedido


façaumpedido34.jpg

O vento soprava através das árvores agradando as folhas recém-caídas no outono, fechei os olhos e sorri.  Estava sentada em um cobertor na beira da margem de um lago, esse momento era tão tranquilo que senti dentro de mim uma espécie de alegria, alegria pura de calmaria. Enquanto contemplava esse momento, senti uma figura se aproximar, abri os olhos e virei a cabeça.

“Você parece tão feliz.” O homem loiro suavemente afirmou. Se aproximou mais, e sua mão enluvada flutuou sobre meu ombro, nesse momento ele titubeou a decidir se iria ou não baixa-la até me tocar de verdade. Depois de todos esses anos, ele ainda estava hesitante em me tocar sem permissão. Então, segurei sua mão delicadamente e coloquei-a sobre meu ombro esquerdo. Em seguida,  descansei a minha em cima da mão dele.

“Estou feliz, Caio.” Afirmei olhando para ele sorrindo enquanto tentava desviar da luz do timido sol que se escondia atrás da cabeça dele.

“Bem, eu fico feliz em sab..-” Ele começou, mas não conseguiu terminar. O som de alguém correndo em nossa direção o silenciou.

“Mãe ..Pai!” Uma menina gritou enquanto corria por entre as árvores que rodeavam o lago. Ela correu direto para meus braços e chegou como um pequeno filhote, quase me derrubando me beijou o pescoço. Uma sensação de que eu conhecia ou queria muito aquele abraço me domou.

“Olha o que eu achei!” Ela gritava entusiasmada. “Olhe! Eles são para você, mãe.”

Tomei-os na mão e quando vi eram pequenas sementes de paineiras, uma especie de arvore que produz uma fibra parecida com algodão. A maioria saiu flutuando, levadas para longe graças ao vento, alguns consegui prender com os dedos contra a palma da mão e guardei no bolso. Sorri para o entusiasmo dela sobre algo tão pequeno. “Eles são muito legais, obrigada!” 

“Sabe o que você pode fazer com esse algodão?” Caio perguntou. A menina olhou para ele confusa sacudindo a cabeça.

“Você sopra eles,  essa parte branca vai se desmanchar e voar para longe, aí..você faz um pedido, um grande desejo.” Então entreguei uma semente envolta de algodão nas mãos de Caio, indicando que demonstrasse a ela.

Enquanto procedia, não pude deixar de sentir o coração tremer ao ver as “caretas fofas” que ele fazia para a menina, que observava os flocos de paina flutuando no ar com enorme admiração. Ela então perguntou: “O que você desejou papai?”

Caio riu e disse: “Se eu te disser, não vai se tornar realidade.” Ele se sentou no cobertor comigo.

Ela sentou-se do outro lado e pegou mais uma semente “Eu vou fazer um desejo, e você faça um desejo também, mãe.” Ela disse.

Então tomou uma respiração profunda e soprou bem forte atingindo uma longa distância. Olhei para as sementes em minhas mãos e por alguns segundos congelei. E sentia que gostaria que tudo isso fosse real. Então eu disse em voz alta…”Eu queria que fosse real.”

“Mãe, você não pode dizer o seu desejo em voz alta!” gritou a garotinha enquanto começou a desaparecer.

Me virei para Caio, vi como ele sorriu, vi seu rosto sereno, conformado enquanto me olhava presenciando a menina lentamente desaparecendo. A floresta alterou-se para luzes cintilantes e um enorme abismo. Foi lindo, mas, ao mesmo tempo, era solitário. Eu podia ouvir algo falando comigo, chamando-me para participar..” ligue agora e esse lindo colar, pode ser seu”..– Droga, adormeci e a tv ficou ligada, despertei os olhos e acordei suada, olhei em volta, estava na sala, deitada em meu sofá vermelho. Suspirei e em seguida levantei, desliguei a tv, peguei meu casaco, o dia amanhecera, a realidade foi se quebrando conforme  me aprontava para sair em uma manhã fria de Maio para a caminhada matinal. Não me importo com o frio enquanto passo pela margem do lago. Eu odeio o fato de estar presa na lembrança, eu devia mudar as idéias, odeio o fato dele ter sido a razão que eu tinha na vida. Se ao menos aquele idiota não tivesse chego em minha vida, se ao menos ele tivesse esquecido de mim quando ele teve a chance. Se ao menos tivesse coragem o bastante para me contar sobre o câncer no cérebro, talvez tivéssemos a chance de tratar em tempo e ainda estaríamos juntos. Eu odeio o fato dele ter sido egoísta e ter desistido de si mesmo.

façaumpedido

Fechei meus olhos quando senti o sol ainda acanhado através das árvores  atingindo meu rosto, eu podia ver nitidamente sua forma como em meu sonho. Fiquei lá até que comecei a tremer de frio. Quando  abri os olhos, as luzes estavam brilhando, e uma voz começou a falar comigo enquanto  caminhava de volta pra casa. Desta vez tentei ignorá-la, mas ela finalmente quebrou meu silêncio.

“Gostaria que não me fizesse sentir-me como uma louca ao menos uma das manhãs”

“Você gostaria é.. de não estar sozinha.” Ele disse.

“Bem, eu vou te ver em breve, então…”

“Eu desejei que fosse tudo verdade..- parei sob o batente da porta de entrada -..No seu sonho, eu desejei que pudessemos ter tido nossa chance ..de estar juntos.”

Parada ali, por um instante, olhei para sua figura, o que eu tinha naquele momento era repleta saudade, um misto de angustia e medo de estar perdendo a cabeça, medo de enlouquecer.

“Te espero amanhã as margens de nosso lago, amor” – Ele disse.

Fechei a porta lentamente.

façapedido4.jpg


RecomeçoMEMÓRIA FÊNIX

Todo espaço ao final de cada post, será dedicado a divulgar postagens antigas do blog, para relembrarmos e comemorarmos 6 anos de blog! Clique na imagem ao lado e confira o primeiro post do blog, RECOMEÇO!


COMPARTILHANDO MÚSICAfb_image

Confira o post especial sobre a música WRITE ON ME! Esse post é uma continuação do texto Propósito, então entre e confira, caso não tenha lido ainda esses posts.


Advertisements

7 thoughts on “Faça um Pedido

  1. Texto Show!!! História meio triste, porém, linda, curti o nome do personagem 😝. Vou acompanhar sempre vcs! Têm Whatsapp?

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s