AINDA SOBRE ESTUPRO


Falando sériologo

– Edição 03/2016 –

FIMDACULTURA1

AINDA SOBRE ESTUPRO

     Com tantos casos de estupro vindo à tona depois do estupro coletivo, casos de assédio sexual e moral, sinto que este assunto precisa ser repercutido o máximo possível até que deixe de ser considerado normal.

Tenho 25 anos, e posso dizer que já perdi as contas de quantas histórias de abuso, estupro e assédio já ouvi, vi e vivi. Pessoas de ambos os sexos violentadas por parentes (pai, padrasto, tio, tia, avô, avó, irmão, primo, prima), amigos, cônjuges, namorados, irmãos de igreja, professores, diretores, colegas de trabalho, chefes e entre outros estranhos e em ruas escuras, metrôs, ônibus e infinitas situações!

A vítima se sentindo culpada, sabe por quê? Porque dizem por aí  que abusador, coitado, não tem culpa de achar que o corpo do outro lhe pertence e pode fazer o que quiser com ele, já que o outro fez por merecer tal violência porque que estava no lugar “errado”, ou já sabia das coisas ou porque se calou e não reclamou para ninguém na época, ou porque usa roupas curtas, pois não vale nada.

     E como as pessoas violentadas sofrem por não encontrar quem lhes dê apoio, por não ter quem lhes possa entender. Outro agravante é quando a vítima se abre sobre o ocorrido, mas sofre com a desconfiança de parentes, que fecham os olhos às agressões sofridas.

     Então eu digo, não importa se você é casada, seu marido não tem direito de forçá-la a transar e desrespeitar seu cansaço, sua dor de cabeça ou seu simples “não tô a fim hoje”. Não importa se você foi com seu ficante para um motel, se você chegou lá e desistiu, ele tem que aceitar. Se você estiver transando e no meio decide parar e o outro te força a continuar, é ESTUPRO, mesmo que você esteja acostumada(o) com essa situação. Se você está desacordada(o) ou sem condições de consentir, mesmo depois de já ter transado com aquela(s) pessoa(s) é ESTUPRO! Porque NINGUÉM tem direito de se divertir com seu corpo se você não está se divertindo. Não importa se é bela, recatada e do lar ou puta, desbocada e do bar, NINGUÉM pode usar o teu corpo além da tua vontade. Se pra você já acabou, acabou para o outro também.

      Se você acha que pode usar o corpo de alguém a seu prazer porque o outro bebeu, está drogado, já deu pra todo mundo ou anda com roupas curtas, o problema está em você.
Se você acha que sua namorada(o), esposa(o) ou ficante tem obrigação de satisfazer você, sinto dizer, mas isso pode ser falha de caráter e você está muuuito por fora! SEXO é algo que todo ser humano gosta e gosta muito, mas o desejo deve ser mútuo e você não tem o direito de se aproveitar dela ou dele, nem constrange-la(o) com insinuações baixas. Chega de “fiu-fiu”, andar em via publica não torna seu corpo público à disposição para aprovações ou reprovações de beleza e tesão.

     O seu limite acaba onde começa o meu, então façamos um favor à humanidade e deixemos de encarar e promover o abuso ou o estupro como uma coisa normal porque,por causa ou por culpa de…Deixo aqui, meu apoio a essa causa. Não deixe algo doentio impune, alerte as autoridades se você ver, ouvir ou viver algo desse tipo.

     Um beijo para todos os seres de bem, que tratam seres humanos como devem ser tratados, ou seja, com dignidade e respeito. Chega de cruzar o direito do outro, se não der pra amar o próximo, se for algo difícil para você, ao menos deixo-o viver a vida dele em paz, sem que você leve parte dele com você. NINGUÉM tem posse do corpo do outro! E errado é quem acha o contrário.

Veja alguns dados estatísticos em relação a cultura do estupro, pesquisa feita pelo Ipea:

i16542_cultura_estupro_cor.jpg

DENUNCIE 180 para relatar qualquer tipo de agressão!!!

FIMDACULTURA

POR PÂMELA ARACY | FÊNIX VERDE 2016

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s