O presente que eu perdi / The gift that I’ve lost


ENGLISH VERSION AVAILABLE HERE

O presente que perdi.jpg

Eu não esperava que a vida fosse seguir rumos tão frios e solitários, não sabia que eu chegaria até aqui aos trancos e barrancos, lutando batalhas dentro de minha própria cela, aquela que se encontra interna, cela essa que me interna demente. Aprisionado em minha própria mente, estou trancado, perdendo a fé, perdendo o meu caminho, a esperança e a fé em mim.

A luz se apagou.

Ando com meus pés descalços pela calçada suja, meus pés me guiam durante a escuridão da noite e eu queria apenas entregar o amor que tenho para dar, esse presente que foi me dado há muitas eras atrás.

Eu não me lembro de antes, só me lembro do depois, do momento que eu já era eu, do momento em que meu coração pela primeira vez bateu, eu sinto que o amor dentro de mim é maior do que eu, maior do que isso, maior que o tempo. É um amor que eu ganhei e eu nem me lembro de quem ou como ou quando, apenas sei que esse amor me veio antes mesmo de meu próprio tempo, ele veio do nada junto comigo para essa aventura nessa terra sagrada. Eu sinto que esse amor é o que me motivou até aqui, eu sei que esse amor sempre procurou um lar para ficar, mas sinto que os caminhos me enganaram, o mundo roubou o presente mais precioso que eu tinha, onde está o amor que havia em mim? Porque eu sou incapaz de procurar? Porque eu não enxergo a luz na escuridão a me cegar? Só quero em seus braços me deitar, eu não sei quem você é, ou porque me deu um amor tão puro a carregar, apenas quero esse amor de volta, quero sentir e viver um amor sem volta.

Na escuridão só o que consigo fazer é chorar, eu não pude amar, deixei o mundo me roubar o que de mais puro eu tinha a brilhar. Se você me deu esse amor, então sabia que eu tinha a necessidade de amar, porém você não me deu as instruções sobre como o usar ou eu as esqueci no momento que nasci, fui incapaz de conseguir compartilhá-lo.

Silêncio, tristeza, coração partido e dias em um inverno muito frio. Hipotermia, morte, escuridão, apenas vivo… com uma alma perdida e um coração ferido.

Vejo o amor a minha volta, fico feliz em saber daqueles que podem o encontraram. E me entristeço, quando sei que meu amor se perdeu e talvez eu nunca volte a encontrá-lo.

Lágrimas de felicidade, lágrimas de tristezas, não sei o porquê dessas fraquezas. Um amor que nunca viu maldade, hoje sofre com a saudade, a saudade de algo que nunca teve, que nunca viveu e que provavelmente se perdeu. Aonde será que o amor que havia em mim se escondeu?

É INEVITÁVEL SE ENCONTRAR PERDIDO EM ALGUNS MOMENTOS DA VIDA, TODA CERTEZA PODE SE TORNAR UMA GRANDE INCERTEZA. QUEM NUNCA PERDEU A FÉ? QUEM NUNCA DUVIDOU NEM SEQUER POR UM MINUTO DE SUA PRÓPRIA CAPACIDADE. TENHA FORÇA E LUTE, SEMPRE ENCONTRE O CAMINHO DE VOLTA PARA CASA, SAIBA QUE NINGUÉM ESTÁ SOZINHO, NEM MESMO VOCÊ! EU TE AMO E ELE TAMBÉM!

DEPOIS DA TEMPESTADE O SOL SEMPRE VOLTA A APARECER!

pexels-photo-11519.jpeg

VOCÊ IMPORTA, SEMPRE!

Phelipe Di Amaral

fenix-verde-green-phoenix

presente.jpg

I didn’t expect life to be following the path to cold and loneliness, I didn’t know that I would come here by leaps and bounds, fighting against my own cell, the one that lies within, trapped in my mind, I’m losing my heart, losing my way, hope and faith… the faith in me.

Lights out.

I walk with my bare feet on the dirty sidewalk, my feet guide me through the darkness of the night, I just wanted to give the love I had to give, this gift that was given me back years ago.

I don’t remember what happened before, I only remember the moment that I was already me, the moment that my heart started to beat, but I feel that the love inside me is greater than me. It is a love that I earned and I don’t remember from who or how or when, I just know that this love came to me even before my own time, it came from nowhere with me for this adventure in this sacred land. I feel that this love is what motivated me so far, I know that this love has always sought a home to stay, but I feel that the ways deceived me, the world stole the most precious gift I had, where is the love that there was in me? Why am I unable to find? Why can not I see the light in the darkness? I want your arms to hug, I don’t know who you are, or why you gave me such pure love to carry on.

In the darkness only what I can make is cry, I couldn’t love, I let the world rob me of the purest thing I’ve ever had, the world stole the shine. You gave me this love, then you knew I had a need to love, but you didn’t give me instructions on how to use it, or may I have forget how to use it in the moment I was born, I was unable to share it.

Silence, sadness, broken heart and days in a very cold winter. Hypothermia, death, darkness, only alive … with a lost soul and a wounded heart.

I see the love around me, I’m glad to know that some people can find it. It makes me sad, when I know my love is lost and maybe I’ll never find it again.

Tears of happiness, tears of sadness, I don’t know why these weaknesses got me.

A love that has never seen evil, today a longing, a longing for something that never had, that never lived and that is lost. Where did the love that stayed in me hide?

IT IS INEVITABLE FIND YOURSELF LOST IN SOME MOMENTS OF LIFE, ALL SURE CAN BECOME A GREAT UNCERTAINTY. WHO HAS NEVER LOST FAITH? WHO HAS NEVER FELT SMALL?. HAVE STRENGTH AND FIGHT, ALWAYS FIND THE WAY BACK HOME, KNOW THAT NOBODY IS ALONE, NOT EVEN YOU! I LOVE YOU AND HE ALSO DO!

THE SUN ALWAYS COME AFTER THE STORM!

pexels-photo-11519

RELAX, EVERYTHING WILL BE FINE!

YOU MATTER, ALWAYS!

PHELIPE DI AMARAL

fenix-verde-green-phoenix

Advertisements

50 thoughts on “O presente que eu perdi / The gift that I’ve lost

          1. Eu queria ser mais positivo, eu não sou essa pessoa pra tão pra baixo assim… mas é que eu o melhor na minha escrita são as sofrências hahahahaaha… por isso que no final, tento deixar uma frase positiva para quebrar um pouco a sofrencia do texto, mas eu me dou bem com ela na escrita kkkkkk 😀 😀 😉

            Liked by 1 person

          2. Não fale isso…. porque eu já quero! Já estou aqui pensando em algo… já quero… se você topar o desafio, depois que você terminar o titanic, eu super posso lhe sugerir KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

            Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s