Possibilidades / Poker Face


ENGLISH VERSION AVAILABLE HERE (OR BELOW)texto

As cartas estão na mesa, nesse jogo de blefe tenho me viciado, não quero nenhuma carta fora do baralho, estou vagarosamente aumentando minhas apostas, ganhando mais fichas, enganando pessoas com um falso encanto. Estou flertando com o desconhecido, estou arriscando tudo o que tenho em uma só jogada, dessa vez eu não estou de brincadeira ou palhaçada, aprendi com a dor como ser o melhor jogador da rodada. Estou embaralhando as cartas, manipulando a cartada, estou incentivando o erro de meus adversários indefesos, estou blefando com todos, arriscando ficar sem nada, torcendo para ganhar o melhor prêmio da jodada.

Troco informações, ilusões e um pouco de magia, tudo truque para ganhar na maestria ou perder com garantia de que estou com todas as melhores cartas da mesa para meu jogo virar, desde que não se vire contra mim, estou manipulando os movimentos do jogo. Todo o meu esforço está se convertendo em quem eu sou, transparente mas com um bom senso de que ninguém sabe o que está passando em minha mente. A mentira faz parte do jogo, mas eu não sou um mentiroso, apenas estou jogando com vários competidores, não existe perdedores, mas não haverá um ganhador se eu não tentar roubar uma vitória.

Em jogos de azar, sempre lançamos mão da sorte para tentar ganhar, mesmo que a possibilidade de perder seja maior e mais fácil de se alcançar, mas no jogo que envolve o blefe, enganar pode ser decisivo para se conseguir o prêmio final. As possibilidades são infinitas, por isso eu não posseo deixar de ser cauteloso, pois posso perder todas as fichas e não conseguir jogar de novo. Estou fazendo minhas apostas, não importa quais são as possibilidades, vou pro tudo ou nada, pois quero o meu prêmio até o fim dessa rodada.

phelipebottompost

text

The cards are on the table, I have addicted in this bluff game, I don’t want lose any cards out of the my hands, I am slowly increasing my bets, winning more poker chips, deceiving people with a false charm. I’m flirting with the unknown, I’m risking everything I have in one move, this time I’m not joking, I learned from the pain how to be the best player in the game. I’m shuffling the cards, manipulating the playing cards, I’m encouraging the error of my defenseless opponents, I’m bluffing with everyone, risking being left with nothing, hoping to win the best prize of this fuck.

I exchange information, illusions and a bit of magic, all trick to gain mastery or lose with assurance that I have all the best cards on the table for my game to turn, as long as it does not turn against me, I am manipulating the movements of the game. All my effort is becoming who I am, transparent but with a sense that no one can’t read my poker face. The lie is part of the game, but I’m not a liar, I’m just playing with several competitors, there are no losers, but there will not be a winner if I do not try to steal a win.

In gambling, we always know that we are walking with more possibilities of lose, but in the game that involves the bluff, deceive can be the ace up my sleeve. The chances are endless, so I cannot stop being cautious, because I can lose all the poker chips and not to play again. I am making my bets, no matter what the odds are, I’ll fight for my prize until the end of this round.

phelipebottompost203/07/2017 às 09:30

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s