Essa história não é de agora

Após tantos caminhos, encontros e desencontros. Parecia uma história finalizada... Concluída. Em sua cabeça, essa era uma história utópica, daquelas que acontecem apenas nos livros e talvez fosse melhor parar seus devaneios e enxergar a realidade, então guardou seus sentimentos e aceitou que essa história não tinha oportunidade de acontecer. Mas isso não significava o... Continuar Lendo →

Hoje eu só quero fugir daquilo que me aprisiona, quero seguir um caminho qualquer que me traga paz. Sem cobrança e sem julgamento, viver no momento dentro de meu silêncio. Nunca almeijei o silêncio como o quero hoje. Esteja comigo ou não, vou seguir por este caminho esta noite! Por @phelpzamaral

versos.02

estou escutando essa música. Estou acordado no meio da noite Me pergunto se deveria te procurar Encarando o teto de meu quarto Viajo em reflexões sobre não amar Tento fugir de toda a realidade Acabo pensando no que passou Não estou em busca da felicidade Mas tento entender como se acabou Estou preso nessa melodia... Continuar Lendo →

versos.01

após a risada vem as lágrimas. A intensidade no olhar O brilho que perdera Deixou o ato de se odiar Acabou com a pasmaceira A máscara do sorriso caiu Em lágrimas se afogou Encontrou forças, partiu Nas lembranças se apegou Se desfez, virou pó Apenas existiu, enfim, desistiu Teve de resistir só Levantou e caiu,... Continuar Lendo →

CORPO MORTO | Versos

Estava sem vida Toda uma rotina Sem diversão A Morte veio então   Todo em decomposição Estava se apagando Deitado em posição Pronto pra cremação   Você amante da escuridão Veio em minha direção Queria um coração Me retirou de meu caixão   Em suas delicadas mãos Tinha um livro E na outra uma poção... Continuar Lendo →

O gosto do sangue

Eu sei que não fomos feito um para o outro, nosso encontro serviu para nos destruir, para nos afundarmos nessa nossa loucura, nesse amor doentio, nesse relacionamento devastador, que aos pouco envenenava cada boa lembrança guardada. É muito triste relembrar os bons momentos, tudo começou também, e sem saber a culpa de quem, o castelo... Continuar Lendo →

Dançando com Demônios

Parece que os anos se passaram e com o tempo as luzes foram se apagando e as cores desbotando, chegar até aqui não foi fácil, ainda quando se tem a companhia dos medos que são demônios a te amedrontar, são as coisas que te impendem de seguir, que te não te deixam voar, são aqueles que... Continuar Lendo →

Escrever é…

"Medo, fé, amor. Fenômenos que determinam nossas vidas. Essas forças começam bem antes de nascermos, e continuam após nossa partida" Morte, vida e nascimento. Futuro, presente e passado. Amor, esperança e coragem. Tudo está conectado. Nossas vidas não são nossas. Estamos vinculados a outras, passadas e presentes. E de cada crime, e cada ato generoso... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑